Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Eu e tu...e o resto do mundo

Este é um blog nosso, das nossas coisas, da nossa vida e daquilo que nos faz feliz. E claro...do resto do mundo!

Este é um blog nosso, das nossas coisas, da nossa vida e daquilo que nos faz feliz. E claro...do resto do mundo!

Little India

DSC02683

 

Eu não sei se se passa o mesmo convosco, mas há cheiros e sabores que têm a capacidade de me fazer viajar em segundos, sem comprar bilhete e sem ter que andar em transportes! E a verdade é que adoro quando isso acontece! 

Eu e o Pedro falamos muitas vezes em como seria maravilhoso termos um roupeiro em que pudessemos entrar (tipo Nárnia) e sair em alguns sítios onde já estivemos, só para ir lá comer! Sim! Seria maravilhoso para mais uma série de coisas, mas na vida tem que haver prioridades e a nossa é comer!!! Adoramos comer coisas diferentes, perceber o que é típico de uma região e trazer esses sabores e cheiros connosco quando chegamos a casa. Isso fica para sempre!

Este sítio que vos vou falar hoje é um pouco o roupeiro para Nárnia, embora tenhamos que andar de carro é só até ao centro de Lisboa.

É um sítio completamente despretensioso mas que tem a capacidade de nos fazer viajar!

Trata-se da cantina indiana no Templo Hindu.

Como o nome diz é uma cantina, não há carta, come-se o que está à disposição. Comida vegetariana sempre, mas muito, muito boa!

As pessoas que a frequentam são as mais variadas, vão desde pessoas que trabalham em empresas perto, pessoas um pouco mais alternativas que vêem ali a possibilidade de comer boa comida vegetariana e claro, indianos...

No outro dia estivemos lá e foi realmente um prazer, era dia de festa e as senhoras indianas estavam com saris de festa e as meninas vestidas como se de princesas se tratassem. Mas a simplicidade, o olhar afável e o sorriso terno e bondoso estava lá. Como na India!

Comemos sopa de lentilhas, caril de ervilhas secas, caril de abóbora indiana com batata, o arroz basmati para acompanhar, que na realidade é a base e nunca pode faltar, papari (como uma panqueca seca e firme que normalmente é feita de lentilhas ou grão de bico) e acompanhámos tudo com roti que é uma espécie de pão sem levedura, com aspeto de crepe.

Realmente a única coisa que não me enche as medidas (MESMO) é o Lassi com cominhos, ou seja, uma bebida de iogurte com cominhos que está incluída na refeição e que de certeza me faria imenso bem, mas que realmente prefiro não tomar! 

No final nunca resisto a um chai indiano (chá preto com leite e especiarias) que me transporta imediatamente para a outra margem do rio Ganges em plena Varanasi (um dia eu conto-vos a experiência).

O Pedro como é um badochinha fez questão de um docinho e experimentámos um Monthar, feito de farinha de grão de bico, pistachos e leite condensado, uma delícia!

Esta Meca da comida boa está aberta todos os dias excepto à segunda-feira e servem almoço e jantar. O preço da refeição é fixo, 8€ para almoço e 10€ para o jantar e podem-se servir as vezes que quiserem! É aberto a todas as pessoas, é simples mas muito, muito bom! Aconselho vivamente e para os mais sensíveis no que diz respeito a picante, acredito que não irão sofrer! Eu pessoalmente não acho!

E vocês pessoinhas com vidas sociais interessantes...conheceis assim algum sítio simpático que me faça viajar sem sair daqui?! Como dizia a outra senhora...

Contem-me tudo e não me escondam nada!

Namastê

P1010779

DSC02656

 DSC02658

 DSC02696

DSC02710

 

 

Mais sobre nós

Sigam-me

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D